EN Loja Virtual
Dia da Árvore Nugali

Dia da Árvore

Dia da Árvore: 21 de setembro

O Dia da Árvore é comemorado em 21 de setembro, e é um momento para refletirmos sobre a  importância da preservação do meio ambiente e conservação dos recursos naturais.

 

Chocolate com Sustentabilidade

A Nugali acredita que a sustentabilidade deve permear toda a cadeia produtiva, desde a escolha e origem de seus ingredientes até o processo de fabricação dos chocolates. Neste mês de setembro, gostaríamos de compartilhar algumas das ações que reforçam nosso compromisso com uma produção cada vez mais sustentável e alguns dos ODS que já atendemos.

 

Marca Signatária do ODS da ONU

Os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) fazem parte de uma agenda global da ONU que visa a construção de um mundo mais justo, próspero, igualitário e sustentável.

A Nugali é uma empresa signatária ODS, atendendo objetos e metas deste pacto global por um mundo melhor.

Dentre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU contemplados pela Nugali, destaca-se a meta 2.4 de garantir sistemas sustentáveis na produção de alimentos.

 

Nugali contribui na Preservação das Matas e Plantio de Árvores

 

Cacau Sustentável 

O cultivo dos cacaus utilizados pela Nugali é feito em sistema agroflorestal sustentável e ajuda na preservação da Mata Atlântica e Floresta Amazônica.

No sul da Bahia ou no interior do Pará, o cacau pode conviver harmoniosamente com a vegetação nativa e é um protagonista em ações de preservação ambiental, como por exemplo no sistema cabruca de cultivo.

A compra de cacau socialmente responsável também contribui na preservação das nossas florestas.

A Nugali contribui com o 15º Objetivo do Pacto Global da ONU de proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres. Com cacau de origem no sistema cabruca - cultivo em mata nativa - a Nugali contempla as metas 15.1 e 15.2 do Movimento ODS de assegurar a conservação, uso e gestão sustentável das florestas, detendo a perda da biodiversidade (ou desmatamento). 

 

Área de preservação junto à Indústria de Chocolate 

A Nugali aviva esforços para proteger e salvaguardar o patrimônio natural do mundo, por isso, junto à fábrica da Nugali, em Pomerode - SC, temos uma área de 30 000 m² de floresta secundária da Mata Atlântica, em regeneração, que abriga plantas e animais da fauna e flora catarinenses.

Plantamos também em nossos jardins centenas de árvores nativas do nosso bioma, adquiridas junto à APREMAVI (Associação de Preservação do Meio Ambiente e da Vida), como: ipês, manacás-da-serra, manacás-de-cheiro, ingás e muitas outras. São espécies nectaríferas e poliníferas, importantes para insetos e aves da região. Quem visita a fábrica da Nugali pode conhecer um pouco mais sobre as plantas e seus polinizadores naturais. 

Essa integração mostra que a indústria e o meio ambiente podem conviver de forma harmônica, contemplando assim, a meta 11.4 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, de tornar os assentamentos humanos resilientes e sustentáveis.

 

Captação e Reuso da Água da Chuva na Nugali

A Nugali, como signatária do Movimento ODS, contribui com o objetivo das Nações Unidas de assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água. Através da captação e reutilização da água da chuva, atendemos a meta 6.4 de uso eficiente e retirada sustentável para o enfrentamento da escassez de água. São cerca de 18 000 litros/mês de água de chuva captados e utilizados na rega de nossa estufa de cacau, de nossos jardins e na limpeza das áreas externas.

O aproveitamento da água da chuva é uma ação que ajuda a garantir água potável na qualidade e quantidade para toda a comunidade.

 

Compostagem de Resíduos Orgânicos na Nugali

A Nugali é uma empresa Certificada Lixo Zero, um conjunto de ações para o maior aproveitamento dos resíduos orgânicos e recicláveis em que mais de 98% dos resíduos gerados pela Nugali são reciclados, reaproveitados ou compostados.

Resíduos orgânicos, que não podem ser reciclados, vão para a composteira da Nugali. Estes resíduos são adequadamente compostados e viram adubo para as plantas de nossa estufa e nossos jardins.

Esta ação faz parte dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU 11.6 (Reduzir o impacto ambiental negativo das cidades, em especial à gestão de resíduos municipais) e 12.5 (Reduzir a geração de resíduos por meio da prevenção, redução, reciclagem e reuso). 

Reduzindo o envio de materiais para aterros e aumentando a vida útil dos aterros - sanitário e industrial.

O projeto Lixo Zero da Nugali Chocolates foi implementado com o apoio da EuroAmbiental.

 

Cascas de Cacau - Reaproveitamento

As cascas de cacau são um produto diferente do portfólio de chocolates da Nugali.

Ao contrário da maioria das marcas de chocolate, a Nugali faz os seus chocolates a partir das amêndoas de cacau (processo bean-to-bar) e por isso realiza a torra das amêndoas de cacau. Após torradas, as cascas das amêndoas são removidas, por não serem usadas na fabricação do chocolate.

Motivada pela meta 12.2 do Pacto Global da ONU de alcançar a gestão sustentável e uso eficiente dos recursos naturais, a Nugali utiliza essas cascas que são ricas em micronutrientes para outra finalidade: a jardinagem.

As cascas contêm até 2,5% de Nitrogênio, 1% de Fósforo, 3% de Potássio, micronutrientes, que adubam o solo à medida em que se degradam. Aplicadas como cobertura em vasos ou canteiros, evitam o surgimento de ervas daninhas, mantêm a umidade do solo e deixam o jardim com cheirinho de chocolate.

 

Geração de Energia Solar Nugali

A energia solar ou fotovoltaica alimenta a produção de chocolates da Nugali e é produzida na própria fábrica.

Utilizando energia limpa, preservamos recursos naturais e evitamos a emissão de CO2 (ou gás carbônico) na atmosfera, gerando menos poluição.

A Nugali foi uma das marcas pioneiras em Santa Catarina em apostar na instalação de placas fotovoltaicas capazes de sustentar todo o consumo para fabricação de seus chocolates.

Contribuímos, desta forma, com as metas 7.2, 9.2 e 13.2 da ONU de aumentar a participação de energias renováveis, promover a industrialização sustentável e tomar medidas para combater a mudança climática.

Com transparência empresarial a Nugali mostra sua geração de energia solar em tempo real, quanto já geramos e quais os impactos positivos para o meio ambiente desta ação: www.nugali.com.br/solar

 

Valorização das Abelhas e Insetos - Tour Nugali

Os insetos têm um papel fundamental para garantir a produção de alimentos. Abelhas, mosquinhas e outros insetos são responsáveis pela polinização das flores, para que possam gerar frutos. Com o chocolate não é diferente, são os insetos que polinizam as pequenas flores dos cacaueiros, que se transformarão nos frutos de cacau e cujas sementes se transformarão em chocolate.

Junto a nossa estufa de cacau, há colméias de abelhas sem ferrão - mandaçaia, mirim e jataí. O visitante do Tour Nugali pode conhecer mais sobre estes doces insetos que trabalham intensamente na polinização de nossa flora. 

A Nugali contempla aqui o Objetivo 15, do Movimento ODS, de proteger e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, preservando a biodiversidade.

 

Por que as abelhas são tão importantes?

Ao se alimentarem nas flores, levam pólen de uma para a outra, fazendo a fecundação necessária para que a planta produza frutos. Visitam de 500 a 1000 flores por dia, e são responsáveis por mais de 50% da polinização das florestas.

 

Polinização da flor de cacau

Para que um fruto de cacau seja gerado, é necessário que uma flor seja polinizada. A polinização ocorre quando grãos de pólen (células masculinas das plantas) entram em contato com o estigma (receptor feminino), promovendo a fecundação. Este processo é realizado por insetos, que ao se alimentarem do néctar e pólen acabam levando grãos de pólen de um lugar para o outro. Como as flores do cacaueiro são muito pequenas, apenas insetos também pequenos podem realizar este trabalho.

 

O desmatamento prejudica as abelhas


A maioria das espécies de abelhas brasileiras constrói seus ninhos em buracos de árvores. O desmatamento acaba com as árvores que elas precisam para nidificar, e com as plantas que servem de alimento para elas. 

 

Um jardim repleto de alimento para as abelhas


Em áreas urbanas, o plantio de espécies poliníferas e nectaríferas é importantíssimo para fornecer alimentos para as abelhas. Nos jardins da Nugali, há várias espécies nectaríferas e poliníferas, sejam flores como o Lírio da Paz até os Manacás-de-Cheiro, que embelezam a paisagem e ainda são fonte de alimentos para as abelhas.

 

Abelhas Brasileiras

 

A abelha mais conhecida (Apis mellifera) não é nativa do Brasil, é uma "imigrante" trazida da Europa pelos portugueses.
Existem mais de 300 espécies de abelhas brasileiras, todas sem ferrão. Conhecidas como “melíponas”, povoam os diferentes biomas do país, e são fundamentais para a polinização das plantas. Com seus diferentes tamanhos, hábitos e preferências, nossas abelhas nativas polinizam espécies que a abelha europeia não visita. Algumas espécies brasileiras já são usadas na fruticultura em outros países, por seu trabalho superior de polinização.